segunda-feira, 29 de maio de 2017

O verde metálico da Abelha da Orquídea

Infelizmente é muito confundida com moscas e são mortas

Uma das abelhas mais lindas que sobrevoam o jardim é, sem dúvidas, a Euglossini. Ela pode ser vista nas cores metálicas verde, azul, roxo, vermelho a amarelo.
Já foram descritas mais de 230 espécies distribuídas em cinco gêneros (Eufriesea, Euglossa, Eulaema, Exaerete e Aglae). São abelhas solitárias, ágeis e robustas com tamanho médio variando de 9 a 28 mm. Elas ocorrem somente na região neotropical e o Brasil é o país que apresenta a maior riqueza em espécies.

Confundidas com varejeiras
Infelizmente muitas das Euglossini são mortas confundidas com as moscas varejeiras devido às cores metálicas verde e azul. A varejeira faz parte de uma família de moscas de cor azul ou verde-metálico, as califorídeas, cuja espécie principal é a Cochliomyia hominivorax. Ela utiliza a vítima – qualquer animal de sangue quente, incluindo o ser humano – como hospedeira de sua prole, depositando ovos onde houver alguma ferida aberta.
Portanto se ver ou escutar um inseto verde ou azul metálico em suas flores, preste atenção, geralmente as varejeiras não estão rodeando flores.

Abelhas espetaculares
As abelhas da orquídea, ou, Euglossini são importantes polinizadores das florestas neotropicais como a Floresta Amazônica, devido a sua capacidade de voar por longas distâncias que chegam a ser superiores a 23Km, forrageando em flores de mais de 200 gêneros de angiospermas. Essas abelhas se alimentam de néctar e apresentam glossas, um tipo de língua, longas, que os permite explorar flores tubulares não acessíveis a outros grupos de abelhas. As fêmeas também coletam pólen, misturado ao néctar e servido como alimento para as larvas, além de coletar resinas para a construção de células de cria e dos ninhos.

FALANDO EM ABELHAS, VOCÊ CONHECE A ABELHA CORTADEIRA? ASSISTA O VÍDEO DESSE ENCONTRO ÚNICO

Voltando ao assunto
Machos de Euglossini exibem um comportamento característico de coletar substâncias aromáticas em fontes florais e não florais (fungos, madeira, frutos, fezes), principalmente em orquídeas sendo que muitas delas são polinizadas exclusivamente por eles. O motivo desse comportamento ainda é desconhecido. A explicação mais aceita é de que as fragrâncias provavelmente sirvam como indicador da qualidade genotípica e fenotípica dos machos para as fêmeas. A partir da descoberta desse comportamento, os pesquisadores passaram a utilizar substâncias puras sintetizadas em laboratório idêntica as das flores para atrair os machos, o que permitiu que muitas espécies raras fossem amostradas.
As alterações ambientais, como a fragmentação florestal podem afetar a abundância e a composição das espécies de abelhas das orquídeas e por isso, elas são consideradas como bioindicadoras da qualidade do ambiente natural. A extinção dessas abelhas nativas poderia comprometer a reprodução de diversas angiospermas e consequentemente o funcionamento íntegro dos ecossistemas neotropicais. Veja outras fotos da Abelha da Orquídea

Lição de vida
"Encaramos a vida como um jardim e podemos optar por duas visões totalmente diferentes, a visão da Mosca e a visão da Abelha. Ao entrar no jardim, mesmo com tantas cores a Abelha sempre enxerga as flores, já a Mosca, mesmo com tantas cores ela sempre encontra as fezes. Elas são felizes e vivem a vida com seus olhares e você? O que você enxerga da VIDA?"

Nenhum comentário:

Postar um comentário